PDT quer expulsar senador por reforma trabalhista

Acir Gurgacz (RO) desagrada o partido desde o impeachment de Dilma Rousseff

14/07/2017 - 13:26 hs

Membros do diretório do PDT pediram a expulsão do senador Acir Gurgacz (RO) por se ausentar da votação da reforma trabalhista.

Segundo o diretório, Gurgacz tem contrariado as posições do partido sistematicamente. Entre as reclamações desta ala do PDT está o fato do senador ter apoiado o impeachment de Dilma Rousseff.

“O PDT lançou reiteradas vezes advertências em público para aqueles que votassem contra a orientação oficial do Partido – onde claramente o PDT expôs em público as suas posições políticas com a devida clareza e transparência, com o intuito dos seus quadros e militantes, a se portarem contrários contra a Reforma Trabalhista e ao governo Temer – decisão esta tomada desde a reunião do Diretório Nacional em maio de 2016”, diz trecho de um documento escrito pelo diretório.

(por Alessandra Medina á VEJA)