ESCOLA 4 DE JANEIRO: A educação pede segurança

12/11/2017 - 19:01 hs

A escola 4 de Janeiro há tempos vem aparecendo na mídia com assuntos nada agradáveis. Há um tempo atrás, alunos foram às ruas protestar contra o roubo de centrais de ar na escola, que vinha acontecendo constantemente, e, continua a acontecer. Em seguida, os funcionários da cantina da escola, vinham reclamando de roubos, foram roubados estufas, doces e salgados, segundo informações, foram 6 vezes em um mês. 

E agora mais essa, um roubo de moto, para ser mais claro, foram duas motos roubadas em apenas dois dias, uma por moto por dia, sendo mais claro ainda. 

O último roubo aconteceu na noite desta quarta-feira, 8, em frente ao colégio. Os dois crimes, segundo relatos, foram realizados através de ligação direta nas motocicletas. Que é ainda mais revoltante. Levando em conta que as redondezas são bem trafegadas. 

Após a manifestação realizada pelos alunos que repercutiu na imprensa, várias autoridades manifestaram solidariedade afim de ajudar as instituições de ensino. No entanto, até hoje, como vemos, a escola continua sem centrais de ar, e sem SEGURANÇA. 


Encontrou algum erro? Nos informe.