Inscrições para o processo seletivo 2018/1 do Ifro encerram na segunda-feira

25/11/2017 - 14:51 hs

O Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Rondônia (IFRO) encerra na segunda-feira, 27 de novembro, as inscrições para 2.438 vagas do Processo Seletivo Unificado 2018/1 (PSU). 

As informações estão disponíveis no portal de seleção institucional, que contém todas as orientações aos candidatos nos editais e no Manual do Candidato, ambos disponibilizados no endereço eletrônico. As inscrições serão realizadas exclusivamente on-line, no período de 09/10 a 27/11, no site do Ifro. O resultado final será divulgado no dia 20 de dezembro, e as matrículas dos aprovados iniciam no dia 8 de janeiro de 2018. Sendo a previsão de início das aulas: 05/02/2018.

Desde 9 de outubro, estão abertas as inscrições para vagas nos três níveis de ensino (Integrado ao Ensino Médio, Subsequente e Graduação), distribuídas em 30 cursos para os nove campi da instituição, nos municípios de Ariquemes, Cacoal, Colorado do Oeste, Jaru, Ji-Paraná, Guajará-Mirim, Porto Velho e Vilhena.

 

Rede Federal

A qualidade da educação ofertada pelo Ifro faz parte de um contexto nacional da Rede Federal de Educação Profissional e Tecnológica. Um estudo divulgado neste mês de novembro pelo Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira), conforme análise da edição do Exame Nacional do Ensino Médio de 2014, mostrou que o rendimento dos estudantes do ensino médio da Rede Federal superou o dos demais sistemas educacionais brasileiros (estaduais, municipais e privados). Os pesquisadores levaram em consideração o tipo de educação ofertada – propedêutica ou técnica – e a distribuição das escolas dos diferentes sistemas, segundo o nível socioeconômico dos estudantes. O diagnóstico dos especialistas Geraldo Andrade da Silva Filho e Gustavo Henrique Moraes consta na edição mais atual do “Boletim Na medida”, publicado pelo Inep.

Sobre o estudo divulgado pelo INEP, o Pró-Reitor de Ensino, Moisés José Rosa Souza, comenta que os alunos da Rede Federal atingiram, no ensino propedêutico (ou seja, aquele que introduz a estudos mais desenvolvidos de determinada disciplina), a média de 622,81 pontos nas provas objetivas e 694,29 pontos em redação. Pontuação superior quando comparada ao grupo formado por estudantes do sistema privado, por exemplo, cuja média foi de 573,49 e 623,55 respectivamente.

“Importante notar que os Institutos Federais que compõem a Rede não têm apenas a preocupação de formar o aluno na dimensão propedêutica. São instituições de educação profissional e tecnológica, logo o objetivo primeiro é com a formação de profissionais. Mas, isso à parte, os Institutos conseguem êxito também na dimensão do ensino médio. Esse estudo reflete o que se percebe ano após ano no Instituto Federal de Rondônia. O IFRO não tem a intenção de competir com as demais instituições de ensino. É objetivo, sim, fazer sempre mais nas dimensões de ensino, pesquisa e extensão a fim de ofertar à sociedade educação gratuita e de qualidade”.

Como o ano base do estudo é 2014, especificamente o ENEM realizado naquele ano, o professor Moisés afirma que se for levado “em conta a superação dos desafios rotineiros, bem como os esforços da gestão em capacitar servidores e melhorar as condições de trabalho e de estudo, certamente a média geral do IFRO já tenha se movido para cima. É patente afirmar que o ensino promovido pelos Institutos Federais, no caso específico de Rondônia o IFRO, é algo que deu certo e para que continue crescendo, de modo a promover educação de qualidades àqueles que mais necessitam. Faz-se necessário, portanto, que os investimentos não sejam cortados ou contingenciados, como se notou no último e neste ano. Mesmo que os resultados atuais sejam satisfatório, o Ifro continuará com sua política em busca da excelência na formação dos estudantes, contribuindo para a melhoria das pessoas nos aspectos pessoal, econômico e social”, conclui Moisés Rosa.

Mais informações sobre o resultado estão disponíveis no link.

 

Tecnólogos

Não é somente em nível médio que o Ifro possui oferta de vagas. No nível superior, além das licenciaturas, bacharelados e engenharias, o Instituto Federal de Rondônia oferta vagas para os cursos superiores de tecnologia em Agronegócio, em Gestão Ambiental, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, em Gestão Pública e em Redes de Computadores.

Nesta modalidade de ensino, os acadêmicos do mesmo modo que ao concluir qualquer outra graduação, serão são profissionais de nível superior, possibilitando o acesso ao mercado de trabalho e a continuidade dos estudos em especialização (lato sensu) e pós-graduação (stricto sensu).

Para concorrer também é necessário ter concluído o ensino médio ou equivalente. O tecnólogo é um profissional que se gradua em menor espaço de tempo e tem uma formação profunda e focada, abrangendo diversos setores da economia por meio de cursos realizados em consonância com as habilidades e competências requeridas pelo mercado de trabalho.

No dia 24 de novembro é comemorado o dia desses profissionais tecnólogos, objetivando ressaltar que são profissionais capazes de desenvolver a competitividade, o aumento da produtividade e da qualidade, além de saberem se adequar às transformações da economia, da política e da tecnologia.

 

PSU 2018

Todos os cursos ofertados no PSU 2018/1 são públicos e gratuitos, não havendo custos adicionais aos candidatos nem mesmo em relação à taxa de inscrição ou matrícula para participar do Processo Seletivo Unificado. Além dos programas de apoio pedagógico e psicossocial, também são oferecidas ações que ajudarão na permanência e êxito do estudante em situação de vulnerabilidade socioeconômica. Os programas e ações previstas pela Política de Assistência Estudantil têm como público-alvo todos os estudantes regularmente matriculados nos cursos técnicos de nível médio e cursos de graduação.

Para efetuar a inscrição serão necessários os seguintes documentos: CPF (do próprio candidato), documento oficial de identificação com foto e documento escolar oficial com as notas, que pode ser Boletim Escolar Oficial do ensino fundamental ou médio, Histórico Escolar do ensino fundamental ou médio ou outro equivalente.

Os candidatos que não têm acesso à internet poderão procurar os campi durante o período de inscrição, munidos de seus dos documentos, para efetuar sua inscrição.

 

Mais informações

Em caso de eventuais dúvidas ou necessidade de esclarecimentos, os candidatos e seus pais ou responsável legalmente investido poderão entrar em contato com o campus para o qual se inscreveram.

Informações e inscrições no site do Ifro. 

 


Fonte: IFRO